Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo Mensagem [Página 1 de 1]

1 High Town em Qua Ago 28, 2013 9:48 pm

avatar
Drizzy
Administrador
Administrador

Um local mais acima em Goa City. É aqui onde os nobres residem. Os nobres costumam ser pessoas arrogantes que apenas pensam em dinheiro e detestam qualquer pessoa que não o tenha. É um local de visita constante de Tenryuubitos.


_________________
Ver perfil do usuário

2 Re: High Town em Qua Out 09, 2013 9:59 pm

avatar
Drizzy
Administrador
Administrador

Max e Erik aproximavam-se da mansão Flekinghton. Já era de noite e estavam todos a dormir. Em High Town, apenas as luzes da rua estavam acesas. Os irmãos Hawk saltaram pela vedação e aproximaram-se das janelas da mansão.

Eu sabia que ias mudar de ideias. Temos pouco tempo para fazer isto. Mal entrarmos vamos ativar o alarme e a Marinha vai estar aqui. - Os dois abrem a janela do segundo andar lentamente e entram. Dão uma vista de olhos - A mulher não está aqui.

Deve ter morrido. O outro ainda deve aqui viver. - Os dois continuam a vasculhar até encontrarem o quarto de Peter, o pai adotivo de Erik. Eles acendem a luz e Peter acorda imediatamente e cai ao chão.

Está na hora de pagares pelo que fizeste. Acaba com ele irmão.

E-Erik...?
- Erik pega no seu revólver e aponta-o à cara de Peter - N-Não! Espera! Eu posso-te dar dinheiro, riqueza, uma casa, tudo o que quiseres! Não te lembras de como te tratamos bem? Não te lembras de como o Drake era teu amigo?!

Ele era... até tu o matares. - O jovem alquimista guarda a arma - Vamos. Eu prometi que não matava ninguém, e não vou deitar essa promessa abaixo com este lixo.

És muito mole, irmãozinho. - Os irmãos Hawk então saem da mansão. No entanto, na entrada tinham alguém à sua espera - Ah FODA-SE! É um tenente (Rank F) da Marinha.

Onde pensam que vão rapazes? - Disse o tenente Oliver, este não tinha membros. Tinha 4 automails, e a sua cara e pescoço estavam cheios de cicatrizes. Parecia ter perto de dois metros. - Vocês estão presos. Agora vou render-se, ou preciso de usar violência?

Erik retira um dos seus revólveres e aponta-o ao tenente. Max faz o mesmo com a sua pistola - Podes vir.

Assim seja. Vão desejar não terem dito isso. - Dito isto, o tenente começa a avançar lentamente em direção aos irmãos Hawk. Max pronunciou-se primeiro:

Erik, precisamos de o atacar um de cada lado, senão não temos hipótese de ganhar. - Os dois irmãos separam-se e começam o rodear o tenente, disparando várias balas das duas pistolas de cada um enquanto o fazem. Infelizmente, Oliver bloqueia-as facilmente com os seus automails. Max começa a correr a alta velocidade, deixando várias imagens atrás de si. Erik afasta-se. Oliver tenta atingir Max mas apenas atinge o ar, parece que não conseguia descobrir qual era o verdadeiro Max. O irmão louro aproveitou-se da distração dele e iniciou o seu ataque. Juntou as mãos e colocou-as no chão. Este começou a juntar-se nas pernas de Oliver, prendendo-o.

Agora que ele não consegue escapar, ataca-o Max.

Com certeza! - As imagens desaparecem. Max começa a correr em direção ao tenente e atira-se contra ele de modo a disferir-lhe com um forte pontapé, um Dynamic Kick. Com sucesso. O Dynamic Kick do irmão mais velho atingiu em cheio a bochecha direita do tenente. No entanto, apesar deste cuspir um bocado de sangue, o seu corpo não se moveu nem um centímetro. Max estava estupefacto, pensava que o seu ataque iria fazer mais dano. Oliver sorri e disfere-lhe um soco na cara que o manda a voar uns metros para trás - Grrr....

Ahahhaha! - No entanto, o tenente não estava a prestar atenção. Levou com uma explosão nas costas e mal olhou para trás, levou com um forte pontapé na cara. O mesmo aconteceu. Oliver não se moveu. No entanto, também não conseguiu atacar Erik, pois o alquimista desviou-se mal o atacou - AAAAAH! - O tenente liberta os seus pés e começa a correr na direção de Erik. Este apenas estala os dedos e uma explosão ocorre na cara do tenente. Era o Dynamite Kick. Após o fumo desaparecer, podia-se ver que o tenente estava a sangrar pelo olho, mas não havia mais estragos.

É resistente, é de prever. - Acabando de dizer isto, Erik é interrompido por um murro na cara que o manda a voar e o espeta na parede da mansão. O jovem Hawk como não sente dor, levantou-se rapidamente - Ele é rápido também... - Afirmou calmamente, limpando o pó do seu casaco.

Os dois irmãos voltaram a repetir o que fizeram, dividiram-se e rodearam Oliver.

Hmph, isso não vai resultar desta vez. RANKYAKU! - O tenente dispara uma onda de energia azul da sua perna contra Erik. Este forma uma barreira através do chão, com alquimia, mas o Rankyaku era demasiado poderoso e consegue destruí-la. No entanto, não causou dano em Erik - Ahaha, o que achaste disso? - Mas dito isto, Oliver leva com um Suppa Ken de Max nas costas, causando-o a cuspir um bocado de sangue. Enervado, o tenente da Marinha vira-se para o irmão mais velho e tenta disferir um soco, mas é interrompido por duas balas explosivas de Erik nas costas. Max depois aproveita e acerta-lhe com um Suppa Ken na barriga que obriga o tenente a ajoelhar-se pela primeira vez na batalha. Os dois irmãos afastam-se.

Grrrr... Raios. Vão pagar por isto. - Ele levanta-se, limpando um bocado de sangue que tinha na boca. De seguida, concentra energia na perna e lança um poderoso Rankyaku Hyobi em direção a Erik. O alquimista não tem tempo para reagir e é preso pelo ataque.

ERIK! - Max tenta atacar Oliver com um Dynamic Entry mas a sua perna é bloqueada pelo automail do tenente, que logo de seguida manda o Hawk a voar com um soco bastante forte na barriga. De seguida, aproxima-se de Erik e começa a acertar-lhe com bastantes socos - Ahhahahah! Toma! Toma! Toma! - Apesar dos seus ataques estarem a causar dano, Erik não sentia nada e por isso aproveitava esse tempo para criar uma estratégia - P-Porque é que não mostras nenhuma dor? T-Tu não és mais forte que eu, ouviste-me?! - Enervado, Oliver tenta matar Erik com um Shigan. Os olhos do alquimista continuavam vivos. Numa manobra rápida, este destrói-lhe o automail do braço esquerdo através da alquimia. De seguida ouve-se um tiro e Oliver cai ao chão. Erik consegue escapar do Rankyaku e afasta-se. Olha para Max e repara na gigante cruz que tinha como braço direito.

Q-Que é isso? - Perguntou, espantado.

Eheheh, gostas? Esta menina já me safou muitas vezes. - Apesar do Laser Beam de Max, Oliver ainda se conseguiu levantar - Parece que isto não foi suficiente. Erik, preciso que me cubras, com isto eu fico muito mais lento que antes.

Erik começou a correr em torno do tenente. Tenta desferir-lhe com vários socos e pontapés, mas Oliver bloqueia-os todos e contra ataca com os seus próprios socos, lançando Erik para trás. O alquimista tenta disparar várias balas, mas são todas bloqueadas pelo automail.

Pensas que isso é suficiente para me derrotar? - Mas enquanto Oliver se distraía com Erik, não reparou no Light Shower de Max. Várias balas de energias são lançadas da cruz do alquimista e atingem o marinheiro. No entanto, este mesmo depois de levar com elas todas, depois de ter apenas um braço e de estar cheio de feridas e a sangrar, não caiu e continuou a atacar - V-Vocês.. vão sofrer a justiça da MARINHAAAAAAAA! - Oliver utiliza o Soru e transporta-se para a frente de Erik. Ataca-o com um soco na barriga que faz o alquimista cuspir um bocado de sangue. De seguida, usou um Rankyaku que empurrou Erik contra a parede da mansão Flekinghton. Podia-se ver o peito do alquimista louro com um corte um bocado profundo.

Depois, Oliver usou o Soru novamente e transportou-se para a frente de Max. Pegou-lhe na cruz e atirou-o para longe. De seguida usou o Rankyaku e espetou-o contra uma casa qualquer em High Town. Os dois irmãos estavam em péssimo estado. Oliver proclamava já a sua vitória: AHAHAHAH! Morreram os dois! Não se deviam ter achado tão convencidos! Ahahahahah!

HEY! - Chamou Erik. Oliver, com um ar bastante surpreendido, olhou para trás e não conseguia acreditar o que via.

M-Mas tu estás em péssimo estado, como é que consegues manter uma cara tão séria.

Os teus ataques... são fracos. Eu nem os sinto. - Respondeu, erguendo o seu revólver. Disparou várias balas. O tenente bloqueou algumas com o seu automail, mas este rapidamente explodiu graças às balas explosivas de Erik. Sem os seus dois braços, Oliver levava com as balas explosivas sem chance de responder. Do outro lado, Max, sentado no chão, erguia a sua cruz e fazia pontaria:

Morre, idiota. - O canhão disparou uma onda de energia vermelha que atingiu Oliver em cheio nas costas. Juntamente com as balas de Erik e os danos anteriores da batalha, o Marine não aguentou e caiu ao chão, inconsciente, quase morto. Erik aproximou-se lentamente de Max enquanto guardava o revólver e esticou o braço, oferecendo-lhe ajuda para se levantar. Os dois depois partiram e deixaram a cidade antes que mais Marines chegassem ao local.

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

.Um fórum grátis | © PunBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Fórum grátis.