Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo Mensagem [Página 1 de 1]

1 Praias em Qui Out 10, 2013 7:13 pm

avatar
Drizzy
Administrador
Administrador

Bonitas mas pequenas praias junto às florestas de Dawn Island que raramente recebem visitas. São usadas frequentemente como local de treino.


_________________
Ver perfil do usuário

2 Re: Praias em Qui Out 10, 2013 10:36 pm

avatar
Drizzy
Administrador
Administrador

Era de manhã, o sol estava a nascer. A luz do sol refletia-se nas ondas. Max e Erik já tinham recuperado quase por completo da batalha que acabaram de ter e agora estavam sentados na praia a descansar.

.. Foi por pouco.

Sim foi... Erik, precisas de ficar mais forte se não queres ficar naquela situação outra vez.

Huh?

És demasiado fraco... os teus murros não faziam efeito. Podes ser bom espiritualmente, mas sem força física não vais a lado nenhum. Também devias aumentar a tua resistência, levaste um par de murros e já estavas a tremer. Eu sei que não sentes dor, mas isso não impossibilita o teu corpo de parar de funcionar.

.. Eu sei. - Respondeu, consciente das suas fraquezas.

Ótimo, ainda bem que sabes. Então prepara-te porque o teu irmão vai-te ensinar uns truques - Falou enquanto os dois se levantavam - Anda, vou-te ensinar umas técnicas, a primeira chama-se After Image Technique. Consiste em moveres-te tão rápido que deixas uma imagem tua por trás.

Max exemplificou. Primeiro posicionou-se. Logo de seguida começou a correr, dando várias voltas em torno de Erik. Pouco a pouco, várias imagens foram deixando por trás de si, rodeando o alquimista louro. Erik não conseguia identificar o verdadeiro. Max depois parou: À medida que dominas a After Image Technique, vais poder conseguir criar mais imagens, isto é chamado de After Image Strike. Anda lá, tenta tu.

Erik então tentou imitar o que o seu irmão fez. Posicionou-se e começou a correr o mais rápido possível. No entanto, como estava no meio da areia, os seus movimentos eram mais lentos que o normal. Mesmo assim, tentou o máximo para deixar uma imagem sua por trás. Mas mesmo após alguns segundos de corrida seguida, não conseguiu.

Tens que correr mais depressa, anda - Falou enquanto o seu irmão continuava a correr. Erik tentou durante mais algum tempo, mas ele não sentia progresso. Mas pelo que contrário, quando olhou para trás tinha deixado uma imagem sua, pena que durou pouco tempo - Muito bem, progresso, continua a correr.

Erik continuou a correr na pequena praia. Apesar de se estar a habituar a correr na areia, as imagens que deixava atrás de si desapareciam sempre passado poucos segundos. Ele não parecia perceber porquê, mas Max sim: Estás a diminuir a velocidade. Tens que aumentar ou manter constante para as imagens continuarem no mesmo local.

E foi o que Erik fez. Continuou a correr e pouco a pouco foi deixando imagens por trás de si. Seguindo as instruções de Max, ele aumentou a velocidade e as imagens manteram-se sempre no mesmo local. Pouco tempo depois, parou e sentou-se. As imagens permaneceram durante um bom minuto: Consegui. - Falou enquanto limpava um bocado de suor da sua testa.

Boa... Agora passando a técnicas mais úteis...

Como assim?

Vais participar num torneio, não é?

Sim, o dinheiro é capaz de ser útil.

Então eu vou-te ajudar a ganhar. Eu sei mais ou menos como vai ser o torneio e só te digo que vais precisar de saber sentir a energia dos outros... e esconder a tua.

Não entendo. Sentir a energia dos outros?

Sim, localizar os outros, através da sua energia. Eu explico: agora mesmo eu estou a esconder a minha energia espiritual para ninguém me poder localizar, e estou a sentir a tua para saber onde estavas. Foi assim que te consegui encontrar, tinhas que ter uma energia maior que a normal.

Sim, e como é que eu posso localizar os outros?

É fácil. Fecha os olhos e depois concentra a energia toda do teu corpo na mente e tenta "ver com os olhos fechados". Quando conseguires uma energia branca a fluir do meu corpo, queres tenhas os olhos abertos ou fechados, é porque estás a fazer o correto. Isto pode parecer complicado, mas tenta lá.

Hm... - O alquimista fechou os olhos e tentou fazer o que Max disse. Concentrou-se e tentou sentir a energia do irmão. Não conseguia ver nenhuma "energia branca" como Max tinha dito. Concentrou-se ainda mais, mas não conseguia na mesma - Não vejo nada.

Tens que conseguir, eu não estou a esconder a minha energia. Concentra-te mais.

Muito bem. - Erik tentou novamente. Concentrou toda a sua energia na mente e focou-se no seu irmão à sua frente. Primeiro apenas via negro, mas depois, pouco a pouco, pequenas manchas brancas começaram a aparecer - Espera, estou a ver algo. - Concentrou-se mais um bocado e começava a ver uma mancha branca gigante na forma de um homem. Abriu os olhos e viu o seu irmão Max rodeado de uma energia branca - Já consigo ver.

Perfeito! Agora faz o contrário. Em vez de controlares a energia na mente, tenta escondê-la. Tenta concentrá-la em todos os membros, isto irá impedir que ela se espalhe pelo ar e que os outros possam saber a tua localização.

Vou tentar, diz-me se funcionar. - Erik fez o que Max lhe disse. Fechou os olhos e concentrou-se. Sentia a sua energia a fluir por todo o corpo. Tentou controlar a sua energia de modo a tentar libertar o mínimo possível. Era mais difícil do que parecia.

Estou a ver a tua energia a diminuir, continua. - Foi o que Erik fez. Passado uns segundos, Max já não conseguia sentir a energia de Erik - Conseguiste, já não sinto a tua energia. Ótimo... estas duas técnicas vão ser-te útil no torneio.

Mas como é que é? - Perguntou, curioso.

Não tenho a certeza, mas acho que vão-te deixar numa ilha e tens que sobreviver durante alguns dias. Os sobreviventes depois irão combater sem sequer terem tempo para descansar. - Respondeu, seriamente. Depois, sorriu - Mas eu tenho a certeza que vais conseguir ganhar. Mas é melhor preparares-te. Vais precisar de melhor a tua resistência e força se quiseres ter uma boa hipótese de sobreviver. - Max afasta-se de Erik e vai buscar umas pequenas rochas. Aproxima-se das pernas de Erik e ata as rochas aos tornozelos do irmão - Pronto, tenta correr, ou melhor, caminhar com estas rochas atadas aos teus pés.

Erik tentou. Mal conseguia levantar as pernas, quanto mais caminhar. O fato de estar a caminhar em areia não ajudava nada. O peso das rochas fazia com que as suas pernas se enterrassem na areia e depois isso dificultava o treino. Mas Erik sabia que Max tinha isso em mente, daí o ter trazido para uma praia e o ter feito correr tanto anteriormente, quando treinava o After Image Technique.

Ah, espera, toma lá isto também. - Disse, ao amarrar mais rochas aos braços do alquimista - Assim, está melhor. Eu vou estar ali a descansar, quando te conseguires mover normalmente avisa.

Um bocado chateado com o fato de o irmão o ter "abandonado" ali a treinar enquanto ele treinava, o alquimista louro lá fez o que era suposto fazer. Fazia um esforço enorme para levantar as pernas, quanto mais caminhar. Após dar um passo, a sua perna ficava enterrada na areia e o alquimista tinha que fazer o dobro da força para a poder levantar. Ao mesmo tempo que dava os passos na areia, levantava os braços. Acabou por cair. E não foi a única vez que caiu. Após dar dois ou três passos, as suas pernas perdiam energia e paravam de funcionar durante meio segundo, sendo o suficiente para Erik perder o equilíbrio e cair. Não sentir dor pode ter as suas vantagens, mas não saber quando se pode continuar e não é uma desvantagem enorme.

Passado uma hora, já se tinha feito progresso. Erik já conseguia caminhar razoavelmente bem. Ocasionalmente ainda demorava para dar outro passo e ainda caia, mas conseguia aguentar-se em pé. Quanto aos braços, já conseguia levantar os braços à altura da cara e baixar relativamente rápido - Max, já me consigo mexer com isto. - No entanto, o seu irmão estava a dormir. Erik aproximou-se e deu-lhe um pontapé - Acorda.

Mas isso era mesmo preciso, foda-se? Uma pessoa a tentar dormir... - Levantou-se, limpou a areia da roupa e falou - Já te consegues mexer? Boa. Agora vem o próximo treino. Tenta acertar-me com isso. Se conseguires acertar com um só murro, já há progresso.

Erik retirou o seu casaco vermelho e atirou-o para o chão. Podia-se ver o seu braço cheio de veias, estava a fazer enorme força apenas para manter os braços levantados à altura da cara. Posicionou-se à frente do seu irmão e tentou atingi-lo com um soco. Max facilmente desvia-se e contra-ataca com um soco na cara de Erik que o atira contra o chão. O alquimista levanta-se com esforço: Podias ter avisado que ias fazer mais do que te desviar.

Não te esqueças que também estamos a treinar a tua resistência. Tens que ser capaz de aguentar com vários ataques quando lutas... Agora anda. - Erik avançou em direção ao irmão. Tentou acertar-lhe com um soco, facilmente desviado. Max tenta dar um soco com o braço esquerdo. Erik tenta-se desviar, mas foi demasiado lento por causa das rochas e é atingido de raspão na bochecha. O alquimista louro tenta atacar com um soco com a direita, mas Max baixa-se e desvia-se facilmente. Ainda baixado, estica a perna e dá um pontapé nas pernas de Erik. Este tenta saltar, mas as pernas não reagiram a tempo e Erik caiu na areia novamente.

Fez grande força nos braços e levantou-se mais uma vez e continuou a lutar. O mesmo dantes repetiu-se. Além do seu irmão ser mais rápido e forte que si, Erik ainda estava a dificultar as coisas em si mesmo, graças às rochas atadas aos seus quatro membros. Uma hora passou-se, mas o alquimista ainda não tinha conseguido atingir o seu irmão com um ataque. No entanto, à medida que o tempo passava, notava-se que conseguia levar cada vez mais socos e pontapés antes de finalmente cair e que se estava a habituar aos pesos, já que os seus ataques ficavam mais rápidos.

(Ele está a melhorar, ainda bem.) - Max foi apanhado por surpresa. Erik tenta espetar-lhe com um murro na cara. Max é um bocado mais rápido e baixa-se por pouco. O soco acerta o cabelo do alquimista. No entanto, Max não previu o que vinha a seguir, uma joelhada da perna esquerda surpreendeu o alquimista que foi atingido na cara.

Consegui.

Ainda bem. Novo objetivo: tenta botar-me abaixo. - Falou enquanto espetava um forte soco na cara de Erik, deitando-o ao chão. Erik tentou-se levantar mas o seu corpo não respondia - Hmm? Parece que afinal o teu corpo acumulou cansaço a mais, os músculos já não respondem. Ok, descansa cinco minutos e depois eles já devem funcionar outra vez. Depois disso, vamos a outro exercício.

Erik esperou os tais cinco minutos e tal como Max tinha dito, o seu corpo voltou a funcionar corretamente. Erik levantou-se: Prontos, vamos, qual é o próximo exercício. - Disse, enquanto esticava os braços, para ver se funcionavam em modo.

Como aquecimento, dá cinco voltas a esta praia.

Cinco? Não é pouco?

Faz lá, depois verás se é pouco.

Erik obedeceu. Ainda com as rochas atadas aos tornozelos e pulsos, o alquimista começou a correr. A praia não era muito grande, mas também não era pequena. Na primeira volta, Erik não sentiu muita dificuldade. Apesar dos seus pés ficarem presos na areia por causa das rochas, o alquimista já estava habituado por estar a treinar com as rochas há duas horas. No entanto, na segunda volta já achou mais complicado. Caiu cerca de quatro ou cinco vezes, tropeçando na areia e já apresentava bastante suor. Na terceira, já começava a abrandar. As veias já se notavam nos braços e pernas e o suor caía em força. Na quarta volta, Erik caiu bastantes vezes, maioritariamente porque as suas pernas paravam de reagir em certos momentos. Na última volta, o alquimista demorou quase o triplo do tempo que tinha demorado na quarta, novamente porque o seu corpo parara de reagir durante alguns segundos.

Ótimo, agora, não descanses. Estás a ver aquela ilha ali ao fundo? Nada até lá e volta. - Disse, ao apontar para uma ilha uns trezentos metros à frente da praia onde estavam.

Um tanto relutante, Erik continuou a obedecer. Saberia que no final, o seu treino iria dar resultado. Antes de entrar na água, teria que pensar como ia entrar. Sabia que se parasse de nadar, iria ir logo ao fundo, por causa dos pesos que tinha - Hmph, aqui vou eu. - Erik retirou a T-shirt e atirou-se para o mar. Apesar de não conseguir o cansaço, o seu corpo já estava bastante cansado por causa do treino que tinha feito o dia todo, por isso, isto podia ser perigoso.

Chegou à ilha, até lá tinha corrido tudo bem, conseguira nadar de uma ilha à outra sem o seu corpo parar de reagir espontaneamente. No entanto, ainda estava a metade do caminho e tudo podia mudar. E foi isso que aconteceu. As suas pernas pararam por um segundo, e Erik já se estava a afogar. E as coisas continuavam a piorar. Um tubarão branco rapidamente começou a rodear o alquimista - F-Foda-se...

Não podia fazer nada, apenas podia retirar os pesos e rezar que conseguisse derrotar o tubarão antes que ele o matasse. Porém, tal como dantes, o seu corpo poderia quebrar a qualquer momento, e devido ao treino intensivo, os seus movimentos poderiam estar mais lentos. Retirou os pesos dos braços e das pernas e as rochas foram-se afundando até ao fundo do mar. Erik agora estava a flutuar no mar enquanto o tubarão se aproximava. Este abriu a sua gigante boca e tentou morder o alquimista. Ele desvia-se mas o tubarão ainda consegue raspar os seus dentes pelo lado direito da barriga dele, começando então a sangrar. Mas Erik aproveitou-se do fato do tubarão estar agora atrás de si para lhe espetar com um soco na cabeça. Esse murro foi suficiente, o tubarão desmaiou ou morreu, mas ele caiu para o fundo do mar.

Erik acabou o treino e voltou para a praia. Max pronunciou-se: Estás bem? Conseguiste derrotar um tubarão e foi tudo graças ao meu treino. - Disse, sorrindo. Dito isto, levou com um soco na cabeça que o mandou contra ao chão.

O teu treino quase que me matava... - Respondeu, voltando a vestir a T-shirt e o seu casaco vermelho - A propósito, deitei-te abaixo. Treino acabado.

Heh... Vai lá.

(em construção..)


_________________
Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

.Forumeiros.com | © PunBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Fórum grátis.